Amor Patológico
O amor – grande afeto de um indivíduo ao outro – inclui o comportamento mútuo e saudável de prestar atenção e cuidados ao parceiro. No entanto, quando essa conduta ocorre de maneira repetitiva e sem controle, passando a ser prioritária para o indivíduo em detrimento de interesses antes valorizados, está caracterizado o quadro denominado por nós de Amor Patológico (AP). 

Principais Características
As principais características do AP, semelhantes à dependência química, são:

  • sintomas de abstinência na ausência (mesmo emocional) do parceiro
  • o indivíduo se ocupa do parceiro mais do que gostaria
  • atitudes para reduzir ou controlar o comportamento de cuidar do parceiro são mal sucedidas
  • é despendido muito tempo para controlar as atividades do parceiro
  • abandono de interesses e atividades antes valorizadas
  • o quadro é mantido, apesar dos problemas pessoais e familiares

  • 5 Perguntas:
    1 – Você costuma sentir angustia, taquicardia ou suor quando seu parceiro se distancia (mesmo afetivamente) ou quando vocês estão brigados? 
    2 – Costuma se preocupar de maneira excessiva com a vida de seu parceiro? 
    3 – Você não consegue diminuir a atenção e o cuidado que presta ao seu parceiro? 
    4 – Gasta muito tempo para controlar as atividades do parceiro, como ligar para ver onde ele está? 
    5 – Você deixou de fazer coisas que gostava por conta de seu relacionamento amoroso?


    Fonte: Pro-amiti

    Comentários

    Postagens mais visitadas deste blog

    Relação mãe e filha